Av. Santo Antônio, 1090, Vila Osasco, Osasco, SP - CEP 06086-060 | Tel.: (11) 3681-8611

Catedral de Santo Antônio

Notícias › 09/03/2021

Santuário Nacional celebra 200 anos da morte de São Clemente

Os 200 anos da morte de São Clemente Maria Hofbauer serão comemorados no Santuário Nacional. O tríduo juntamente com a festa serão iniciados nesta terça-feira, 9. A conclusão do evento será nesta sexta-feira, 12.

O santo é considerado segundo fundador da Congregação do Santíssimo Redentor. A atividade encerra o Ano Clementino. Este tempo celebrativo é vivido desde março de 2020 pelos redentoristas.

Fechando o Ano Clementino com chave de ouro

“Durante todo este ano, a Congregação do Santíssimo Redentor vem sempre falando e estudando a vida de São Clemente. Agora, queremos concluir este período com esse Tríduo e Festa”. Explicou o o prefeito de igreja do Santuário Nacional, padre Eduardo Ribeiro.

Segundo o sacerdote, o objetivo é fechar com chave de ouro este ano considerado importante. Padre Ribeiro afirma que a celebração foi e é uma oportunidade de reflexão sobre a vida e a missão de São Clemente.

Programação

Quatro missas diárias irão favorecer a participação dos fiéis no tríduo.  Em todas elas, serão meditados temas importantes da trajetória de São Clemente.

As celebrações acontecem na Basílica Nova, às 6h45, 9h e 12h. Na Basílica Velha, as missas ocorrem às 18h. As cerimônias serão presididas por missionários redentoristas.

Dia da Festa

No dia da Festa – sexta-feira, 12, a principal missa do dia acontece às 9h no Altar Central da Basílica. A Eucaristia será presidida pelo superior provincial da Unidade Redentorista de São Paulo, padre Marlos Aurélio da Silva.

Outras celebrações, rezadas às 6h45, 12h e 18h ainda comemoram o dia do santo. “Queremos celebrar a vida e a missão de São Clemente. Buscamos resgatar sua vida, sua história, compreender a sua missão e aprender dele, que é um grande exemplo para todos os Missionários”, detalha padre Eduardo.

História de São Clemente

São Clemente nasceu na República Tcheca na metade do século XVIII. Exerceu exerceu maior parte de seu ministério sacerdotal em Varsóvia e São Beno, na Polônia. Depois, em 1808, foi para Viena, na Áustria, cidade onde hoje é considerado padroeiro. E

O santo foi responsável por expandir a Congregação Redentorista. Até então, o grupo estava presente apenas na Itália. O religioso levou a ordem para a Polônia, onde foi perseguido pelas autoridades locais.

“Santo Afonso é o fundador da Congregação, mas São Clemente levou o carisma redentorista para fora do território italiano. Isso fez com que a Congregação Redentorista expandisse mais seus trabalhos. Por isso, ele é considerado um segundo fundador dos Missionários Redentoristas”, esclarece o prefeito de igreja.

São Clemente Hofbauer foi beatificado no dia 29 de janeiro de 1888 pelo Papa Leão XIII. A canonização ocorreu no dia 20 de maio de 1909. Em 1914, o Papa Pio X concedeu-lhe o título de Apóstolo e Patrono de Viena.

Fonte: Canção Nova

Deixe o seu comentário





* campos obrigatórios.

Localização da Catedral